Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Privatização da água e dos lixos podem redundar em corrupção - Paulo Morais

Lusa

  • 333

Coimbra, 17 mai (Lusa) -- O professor universitário Paulo Morais rejeitou hoje a privatização da distribuição da água e da recolha dos lixos e alertou que estes processos podem ser um caminho para a corrupção.

Em termos gerais, "será uma transferência destes serviços públicos essenciais para os habituais financiadores" dos partidos, que estão no poder nos municípios, e "a isso chama-se corrupção", disse Paulo Morais à agência Lusa.

Na sua opinião, a privatização da água e da recolha e tratamento dos resíduos sólidos urbanos "vai correr mal e os serviços serão mais caros" e de menor qualidade para os cidadãos.