Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Principal arguido do grupo "máfia do Oeste" condenado a oito anos de prisão

Lusa

  • 333

Leiria, 14 fev (Lusa) - O coletivo de juízes do Tribunal de Leiria condenou hoje o principal arguido do grupo "máfia do Oeste" a oito anos e quatro meses de prisão, em cúmulo jurídico, pelos crimes de associação criminosa, burla qualificada e falsificação de documentos.

O tribunal de Leiria deu como provados a maioria dos factos que constavam na acusação do Ministério Público, considerando que os arguidos "agiram de forma livre e consciente" e em "comunhão de esforços para garantir benefícios" em proveito próprio.

Apenas os arguidos Vicenzo Parasieite, Giovanni Lo Re e João Pedro estiveram presentes na leitura do acórdão, lido em menos de uma hora, uma vez que os advogados abdicaram de ouvir parte do seu conteúdo.