Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiros anos do Governo "não podiam ser piores" - Mário Soares

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jun (Lusa) - O antigo presidente da República Mário Soares classificou hoje como "um disparate completo" a intenção do primeiro-ministro, Passos Coelho, de se recandidatar e considerou que os dois primeiros anos do atual executivo "não podiam ser piores".

Em declarações aos jornalistas após uma reunião de uma hora com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que se encontra em visita oficial a Portugal, Soares não poupou nas críticas, tanto ao governo como ao Presidente da República.

Questionado sobre as declarações do primeiro-ministro em entrevista ao semanário Expresso, em que considerava que "o natural" seria recandidatar-se ao cargo, Soares declarou: "É um disparate completo".