Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro japonês eleito vai enviar mensageiros especiais à China e Coreia do Sul

Lusa

  • 333

Tóquio, 22 dez (Lusa) -- O primeiro-ministro eleito do Japão, Shinzo Abe, vai enviar à China um mensageiro especial numa visita que se pretende de reaproximação tal como a que pretende concretizar à Coreia do Sul.

As relações entre a China e o Japão atravessam um período de grande tensão devido à disputa territorial do arquipélago das Diaoyu, para a China, ou Senkaku para o Japão, um conjunto de ilhas desabitadas e administradas pelo Japão, mas que os especialistas identificam como grandes reservas de petróleo e gás natural, carburantes necessários ao desenvolvimento dos dois países.

De acordo com o diário Nikkei, Shinzo Abe vai enviar a Pequim um emissário especial do Partido Liberal Democrático que entregará às autoridades chinesas uma missiva do futuro chefe do Governo nipónico, numa altura em que a China também se prepara para eleger um novo Presidente e um novo governo.