Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro italiano diz que país corre "risco fatal e irremediável"

Lusa

  • 333

Roma, 02 out (Lusa) - O primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, disse hoje que a Itália corre "um risco fatal e irremediável" se o Governo cair e insistiu para que as decisões da justiça sejam "aplicadas", numa alusão aos processos judiciais de Silvio Berlusconi.

"Itália corre um risco fatal, que depende de um sim ou um não. Convido-vos a darem um exemplo de coesão", afirmou o primeiro-ministro perante o senado.

O primeiro-ministro italiano irá pedir hoje um voto de confiança ao parlamento após a crise política aberta no sábado com a demissão de cinco ministros do partido de Berlusconi, que sustentava a coligação governamental.