Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro italiano assegura que não existe risco de "vazio" político

Lusa

  • 333

Oslo, 10 dez (Lusa) -- O primeiro-ministro italiano Mario Monti, que anunciou a demissão após perder o apoio político de Silvio Berlusconi, tentou hoje em Oslo tranquilizar os mercados, ao assegurar que não existe risco de "vazio" político no país.

"Os mercados não devem recear o vazio de decisão" em Itália, considerou Monti, à margem da cerimónia de entrega do prémio Nobel da Paz à União Europeia (UE), e quando a bolsa de Milão terminou em forte baixa após o anúncio da sua demissão.

No domingo, em já na capital norueguesa, onde se reuniu com o seu homólogo Jens Stoltenberg, Monti disse que ainda não estava a colocar a questão sobre uma sua eventual candidatura às próximas eleições legislativas italianas, agendadas para 2013.