Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro israelita diz não estar interessado no que diz a ONU sobre colonatos judaicos

Lusa

  • 333

Jerusalém, 22 dez (Lusa) - O primeiro-ministro israelita afirmou na sexta-feira não estar interessado no que a ONU diz sobre a construção de colonatos judaicos, em reação às críticas que se seguiram ao anúncio de mais edificações na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental.

Numa entrevista de televisão transmitida pela TV israelita Canal 2 na sexta-feira à noite, Benjamin Netanyahu considerou que Israel tem o direito de construir em Jerusalém e que a construção é uma questão de princípio.

"Vivemos num Estado judeu e Jerusalém é a capital de Israel. O Muro das Lamentações não é território ocupado. Construímos em Jerusalém, porque é nosso direito. O que quer que diga a ONU (Organização das Nações Unidas) não me interessa", disse o chefe do governo israelita.