Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro indiano apelou à calma uma semana após violação de estudante

Lusa

  • 333

Nova Deli, 24 dez (Lusa) -- O primeiro-ministro indiano Manmohan Singh apelou hoje à calma depois de vários dias de manifestações contra a violação coletiva de uma estudante, um incidente que tem abalado a Índia há mais de uma semana.

"Há uma cólera e uma angústia reais e justificadas depois deste acontecimento atroz", declarou o chefe do governo num comunicado publicado durante a madrugada de hoje, que apela à população "à paz e à calma".

"Garanto-vos que que faremos todos os esforços possíveis para garantir a segurança de todas as mulheres deste país", acrescentou.