Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro diz que Maria Luís Albuquerque não negociou contratos tóxicos

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 jun (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, assegurou hoje que a secretária de Estado do Tesouro não negociou contratos "tóxicos" ou "especulativos" quando estava na REFER, após o BE ter questionado a permanência de Maria Luís Albuquerque no Governo.

"O IGCP (Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública) fez essa avaliação de risco, ela é pública (...) nos termos dessa informação é sabido que aquilo que era considerado tóxico e altamente especulativo não está entre os produtos negociados pela então diretora financeira da REFER", afirmou o chefe do Governo.

Durante o debate quinzenal, no Parlamento, a coordenadora bloquista, Catarina Martins, afirmou que, segundo uma auditoria enviada à comissão de inquérito aos contratos 'swap', a "REFER fez contratos especulativos tóxicos, classificados com 3 e 4 [lesivos para o Estado] e portanto inaceitáveis".