Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiro-ministro de Cabo Verde desconhece interesse angolano em privatizações

Lusa

  • 333

Cidade da Praia, 22 mar (Lusa) - O primeiro-ministro de Cabo Verde afirmou na quinta-feira desconhecer o interesse de empresas angolanas em participar como parceiros estratégicos na privatização da transportadora aérea TACV e da empresa pública de produção e distribuição de água e energia Electra.

Citado hoje pela agência cabo-verdiana de notícias Inforpress, José Maria Neves, que se reuniu quinta-feira à noite com os jornalistas para uma "conversa direta", no âmbito do segundo ano de governação da VIII Legislatura, indicou que, apesar de ainda não ter encontrado parceiros, o executivo vai continuar a fazer os investimentos necessários nas duas empresas visando a privatização.

Angola já está presente em Cabo Verde na área das telecomunicações - na CV Telecom e na T+ (adquirida recentemente pela UNITEL) -, bem como na banca, através do Banco Africano de Investimento (BAI), que, em 2011, esteve para entrar como acionista na Electra.