Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeira morte na Malásia associada ao fumo provocado por incêndios na Indonésia

Lusa

  • 333

Banguecoque, 26 jun (Lusa) -- A morte de uma mulher asmática, que vivia no sul da Malásia, é apontada como a primeira relacionada com o intenso fumo provocado pelos incêndios na ilha indonésia de Samatra, informou hoje a imprensa local.

O relatório forense de Li Cai Ling, residente na cidade malaia de Muar, onde, no passado domingo, foi decretado estado de emergência, aponta como causa de morte a exposição ao ar contaminado, publica o diário The Sun.

O indicador que mede a concentração de partículas no ar superou a barreira dos 750 pontos em Muar e em Ledang -- ambas na província de Johor --, onde também foi declarado estado de emergência, isto quando acima dos 100 pontos já é considerado "perigoso" para a saúde pública.