Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeira-ministra da Tailândia enfrenta moção de censura, após violento protesto anti-governo

Lusa

  • 333

Banguecoque, 25 nov (Lusa) -- A primeira-ministra tailandesa, Yingluck Shinawatra, enfrentou hoje no parlamento uma moção de censura lançada pela oposição, um dia depois de violentos protestos em Banguecoque.

As moções, que também visam três ministros, parecem ter poucas probabilidades de ser aprovada pela atual legislatura, dominada pelo partido de Yingluck Shinawatra, o Puea Thai, e os seus parceiros de coligação.

"A primeira-ministra falhou em governar este país como prometeu. Ela permite a corrupção", disse o deputado Jurin Laksanavisit, do Partido Democrata (oposição) no início do debate, o qual deverá durar três dias.