Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidiários em liberdade precária detidos por suspeita de dois roubos na Maia

Lusa

  • 333

Porto, 21 nov (Lusa) -- A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de dois presidiários, em liberdade precária desde domingo, suspeitos da autoria de pelo menos um crime de roubo por "carjacking" e de outro a uma agência bancária na Maia.

Em comunicado enviado à Lusa, a diretoria do Norte da PJ explica que os crimes foram consumados na quarta-feira e que os detidos atuaram "de rosto parcialmente coberto e com recurso à ameaça de uma arma de fogo" para abordar a vítima do "carjacking". Imediatamente depois de se terem apropriado da viatura, "ter-se-ão dirigido prontamente à agência bancária, onde consumaram o segundo crime", acrescenta.

Os detidos, com 42 e 45 anos, "são dois presidiários do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira", onde cumprem "penas de prisão efetiva pela prática de vários crimes de roubo à mão armada, essencialmente em agências bancárias e em postos dos CTT" e que estavam "em liberdade precária desde o final da tarde de domingo".