Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente moçambicano considera "trágicas as estatísticas sobre o cancro em África"

Lusa

  • 333

Maputo, 22 jul (Lusa) - O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, considerou hoje em Maputo "trágicas as estatísticas sobre o cancro em África", exortando os governos e a sociedade civil do continente para trabalharem na inversão desse quadro.

Armando Guebuza apontou o combate ao cancro como um dos grandes desafios de saúde pública em África, quando discursava na VII Conferência das Primeiras-Damas Africanas sobre o Cancro do Útero, da Mama e da Próstata, que se iniciou hoje em Maputo. (Corrige o nome do tipo de cancro: é cancro da mama e não da mamã)

Citando dados sobre a doença, Armando Guebuza referiu-se ao cancro da mama como o mais frequente em África, matando 50 mil mulheres anualmente, ou seja, 54 óbitos em cada 100 mulheres. (Corrige o nome do tipo de cancro: é cancro da mama e não da mamã)