Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do Steaua de Bucareste condenado a dois anos de prisão

Lusa

  • 333

Bucareste, 20 mai (Lusa) -- O presidente do clube de futebol romeno Steaua de Bucareste, Gigi Becali, e o antigo ministro da defesa da Roménia, Victor Babiuc, foram hoje condenados a dois anos de prisão pelas acusações de corrupção e abuso de poder.

Segundo anunciou no final do julgamento um dos representantes do tribunal de Bucareste, Becali e Babiuc foram condenados por terem trocado entre si dois terrenos de forma fraudulenta, entre 1996 e 1999, o que resultou a longo prazo num prejuízo de cerca de 694 mil euros para o estado romeno.

O presidente do Steaua de Bucareste, que já havia sido condenado em fevereiro deste ano a três anos de prisão suspensa por acusações de rapto, ainda tentou abandonar o país na noite do passado domingo, mas foi impedido pela polícia fronteiriça romena.