Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do Quénia mobiliza Exército para controlar ladrões de gado

Lusa

  • 333

Nairobi, 13 nov (Lusa) -- O exército queniano vai ser mobilizado parta o Norte do país, depois do massacre de 42 polícias, mortos no sábado, durante uma emboscada montada pelos ladrões de gado, anunciou hoje o Presidente do Quénia, Mwai Kibaki.

O conselho nacional de Segurança, presidido pelo chefe de Estado, autorizou a deslocação de forças militares para apoiar a polícia, "prender os bandidos e recuperar o gado e as armas", adiantou a presidência queniana em comunicado, citado pela AFP.

Um dirigente policial afirmou, sob anonimato, à agência noticiosa que 42 polícias tinham sido mortos no sábado, no território de Baragoi, numa zona árida e remota do Norte do Quénia, mas o balanço oficial permanece o de 32 mortos e sete desaparecidos.