Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do Nacional diz que presidente da Liga é "uma autêntica catástrofe"

Lusa

  • 333

Porto, 23 nov (Lusa) - O presidente do Nacional, Rui Alves, reiterou hoje a opinião de que "é necessário acabar com a autêntica catástrofe que se abateu sobre o futebol português", referindo-se à direção da Liga de Clubes, nomeadamente a Mário Figueiredo.

Conformado com a impossibilidade formal de convocar uma assembleia geral (AG) extraordinária, uma vez que nem todos os clubes signatários de um requerimento nesse sentido tinham as quotas em dia, o líder do clube madeirense quer "reunir mais clubes" para avançar contra o presidente da Liga.

"Se o presidente da AG detetou irregularidades, não posso deixar de estar de acordo", afirmou Rui Alves, um dia depois de Carlos Deus Pereira, figura máxima da Mesa da Assembleia Geral da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, ter anunciado que não vai convocar a reunião magna requerida pelos 14 clubes, porque só quatro deles tinham as quotas pagas à data do requerimento.