Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do Instituto do Território defende gestão independente das áreas urbanas

Lusa

  • 333

Viseu, 26 nov (Lusa) -- O presidente do Instituto do Território, Rogério Gomes, defendeu hoje uma gestão independente das áreas urbanas, na qual é dado um papel mais ativo aos comerciantes e outros empregadores e os municípios são apenas parceiros.

Ao intervir no encerramento da conferência "Áreas urbanas: propostas para 2014-2020", que hoje decorreu em Viseu, Rogério Gomes considerou que a maior parte das câmaras portuguesas não tem condições para gerir os futuros processos de financiamento comunitário, que têm de ser sustentáveis.

Em declarações à agência Lusa no final da conferência, Rogério Gomes explicou que isso acontecerá "fora de Lisboa e do Porto e das capitais de distrito", sendo que, mesmo nas últimas, "talvez haja até algumas com dificuldades" de o conseguir fazer. "Na maior parte das câmaras não existe o hábito de ter projetos rentáveis. As câmaras em Portugal não se acham feitas para isso, não têm desenvolvido esse tipo de competências, não é a sua vocação", afirmou.