Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do COI favorável a aumento das sanções por doping

Lusa

  • 333

Redação, 26 nov (Lusa) -- O presidente do Comité Olímpico Internacional, o belga Jacques Rogge, apoia os planos da Agência Mundial Antidopagem (AMA) em aumentar de dois para quatro anos as sanções por violação grave das normas.

Em conferência de imprensa realizada em Amesterdão, onde domingo abriu um fórum sobre Educação, Cultura e Desporto, Rogge afirmou que a proposta, que vai entrar em vigor em 2015, "satisfaz" o organismo a que preside para os casos que denominou de "doping grave".

A AMA vai debater uma nova redação do código mundial antidopagem em novembro de 2013 em Joanesburgo. Rogge indicou que uma modificação encaminhada para ampliar as sanções "estará totalmente na linha da 'regra Osaka', que impedia de competir nos seguintes Jogos Olímpicos os atletas suspensos mais de seis meses por doping".