Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do BPI fala em "ditadura do Tribunal Constitucional" em Portugal

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 out (Lusa) - O presidente do BPI, Fernando Ulrich, disse hoje que teme a possibilidade de haver uma "ditadura do Tribunal Constitucional", uma vez que as políticas definidas pelo Governo podem ser travadas nesta instituição, cujas decisões não podem ser contestadas.

"Na Itália existiu uma ditadura dos juízes e agora passaríamos a ter uma ditadura do Tribunal Constitucional", afirmou Fernando Ulrich, na apresentação dos resultados do BPI entre janeiro e setembro, quando lucrou 117 milhões de euros, mais 15% do que há um ano.

"Não sei como se gere a situação difícil do país desta maneira. Não sei e tenho admiração ilimitada" por quem o faz, acrescentou o presidente do banco, que considerou o défice orçamental, a dívida pública e o desemprego como os principais problemas do país.