Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do Banco Mundial está otimista com futuro da Tunísia

Lusa

  • 333

Tunes, 22 jan (Lusa) -- O presidente do Banco Mundial declarou-se hoje "otimista" quanto ao futuro económico da Tunísia, realçando contudo as "reformas dolorosas" a fazer num país minado por conflitos sociais e pobreza, dois anos depois da revolução, noticia a AFP.

"Nós sabemos que as reformas em curso são difíceis e dolorosas, mas também sabemos que todas as sociedades que tomaram estas medidas e geriram as dificuldades de curto prazo puderam construir os fundamentos de um crescimento económico de longo prazo", disse Jim Yong Kim, durante uma visita ao país do Norte de África.

O responsável acrescentou que a instituição tem que se "assegurar que a Tunísia demonstra com sucesso que Islão e democracia são compatíveis" e que o desenvolvimento económico na Tunísia inclui "todas as pessoas", acrescentou, ao falar durante uma conferência de imprensa.