Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente de transição da Guiné-Bissau compromete-se a promulgar leis apenas com consenso partidário

Lusa

  • 333

Bissau, 17 jan (Lusa) - O Presidente de transição da Guiné-Bissau, Serifo Nhamadjo, avisou hoje que só promulgará leis que sejam resultado de consenso partidário e defendeu que, neste momento, "não há um partido sozinho que possa governar" o país.

Um longo discurso num dia "muito importante" e que marcou o final da cerimónia de assinatura do Pacto de Transição por parte do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e de mais quatro outros partidos.

O Pacto fora assinado por vários partidos na sequência do golpe de Estado de 12 de abril mas o PAIGC, o maior partido e que estava no poder até essa altura, sempre se recusara a assinar o documento, mantendo-se à margem do período de transição.