Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da República apela à serenidade em "tempo que não é fácil para Portugal"

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 nov (Lusa) - O Presidente da República apelou hoje à serenidade num "tempo em que não é fácil para Portugal", mas escusou-se a falar sobre a manifestação das forças de segurança realizada na quinta-feira em frente à Assembleia da República.

"Não tenho ainda informação completa sobre o que aconteceu, porque ainda não tive oportunidade de falar com o Governo e, por isso, numa circunstância destas o meu apelo só pode ser um: serenidade, que se mantenha a serenidade neste tempo que não é fácil para Portugal, em que dependemos tanto, tanto dos credores que nos observam todos os dias", afirmou o chefe de Estado, quando questionado sobre a manifestação das forças de segurança.

Interrogado se não é criticável que a polícia de choque nada tenha feito quando os manifestantes começaram a subir as escadarias do parlamento, ao contrário da atuação em outras manifestações, Cavaco Silva reiterou que não tem ainda "informação completa sobre o que aconteceu" e não fará "qualquer declaração" enquanto não falar com o Governo.