Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da Peugeot-Citroën renuncia a reforma de 21 milhões de euros

Lusa

  • 333

Paris, 27 nov (Lusa) - O presidente cessante do grupo PSA Peugeot Citroën, Philippe Varin, que deixará o cargo em 2014, anunciou hoje que renuncia a uma reforma especial de 21 milhões de euros, depois de grande polémica sobre a quantia.

"Decidi renunciar às atuais disposições relativas aos meus direitos de reforma", afirmou, depois de o seu complemento de reforma ter suscitado hoje muitas críticas, em particular nos meios políticos e sindicais.

Segundo um documento do grupo automóvel francês, divulgado em março e consultado pela France Presse, a marca francesa, atualmente em dificuldades, comprometeu-se a conceder um complemento de reforma de 20,968 milhões de euros a Philippe Varin, 61 anos, que vai deixar a liderança do grupo em 2014, sendo substituído por Carlos Tavares.