Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da Liga defende que árbitros não apitem os "seus" clubes

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 mar (Lusa) - O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Mário Figueiredo, defendeu hoje que os árbitros não devem ajuizar os jogos em que intervêm os clubes da sua preferência.

Mário Figueiredo entende também os árbitros devem ficar à margem dos jogos disputados por adversários diretos dos clubes sobre os quais recai a sua preferência.

O presidente da LPFP falava durante a cerimónia de tomada de posse dos corpos gerentes da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), presidida por José Gomes, na sede da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), em Lisboa.