Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da FPF diz estar solidário com Raúl Meireles

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 dez (Lusa) -- O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, mostrou-se hoje solidário com o futebolista Raúl Meireles, suspenso por 11 jogos pela Federação turca, acusado de incidentes graves com um árbitro.

O médio internacional português, jogador do Fenerbahce, foi castigado depois de o árbitro o ter expulso e escrito no relatório que Meireles cuspiu-lhe, fez gestos insinuando que era homossexual e o terá insultado.

"É com muita surpresa que vejo serem-lhe atribuídos estes atos, que o Meireles não tem qualquer possibilidade de ter feito. As imagens que a própria televisão turca passou mostram claramente que não terá cuspido no árbitro", considerou Fernando Gomes, em declarações ao sítio da FPF.