Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da Fed apela a Congresso para que impeça 'precipício orçamental'

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 20 nov (Lusa) - O presidente da Reserva Federal (Fed) norte-americana apelou hoje ao Congresso e à Administração Obama para que firmem um acordo para impedir o aumento automático de impostos e o corte das despesas públicas a partir de janeiro.

Sem um acordo político no Congresso até ao final do ano, o chamado 'precipício orçamental' - combinação automática de cortes na despesa e aumentos nos impostos, por via da extinção de uma série de isenções fiscais e de benefícios sociais - entra em vigor a 01 de janeiro.

A incerteza sobre esta matéria estará a retrair o consumo e o investimento, afirmou Ben Bernanke, presidente da Fed, num discurso proferido hoje no Economic Club de Nova Iorque.