Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da Controlinveste critica "preconceito" português relativamente a Angola

Lusa

  • 333

Porto, 22 out (Lusa) - O presidente do grupo Controlinveste afirmou hoje compreender "todas as preocupações do Presidente angolano" relativamente às relações entre Angola e Portugal, considerando que os problemas diplomáticos resultam de "preconceito" português e prejudicam os negócios bilaterais.

"Reconheço todas as preocupações do presidente angolano relativamente a isto. Nós, portugueses, não podemos ter o preconceito que sempre tivemos, mas vamos continuar a ter enquanto não houver alguém que ponha cobro a isto", afirmou Joaquim Oliveira à margem da conferência "Empresas na Caixa", organizada no Porto pela Caixa Geral de Depósitos em parceria com o Jornal de Notícias, Diário de Notícias, Dinheiro Vivo e TSF, do grupo Controlinveste.

O presidente do grupo de media português comentava a atual tensão diplomática entre Portugal e Angola, que levou o Presidente angolano a anunciar, na semana passada, a suspensão da parceria estratégica que pretendia criar com Lisboa.