Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da construtora DST não vai a julgamento, decide juiz de instrução

Lusa

  • 333

Braga, 25 jun (Lusa) - O juiz de instrução criminal do Tribunal de Braga decidiu não levar a julgamento o presidente da construtora DST, daquela cidade, num processo movido por um funcionário por alegada tentativa de agressão.

Segundo o juiz, "não há qualquer indício nos autos" de que o arguido, José Teixeira, tenha ameaçado ou tentado agredir o funcionário.

Anteriormente, o Ministério Público (MP) já tinha determinado o arquivamento do processo, por falta de provas, mas o queixoso pediu a abertura da instrução.