Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Prémios Nobel da Paz instam China a libertar ativista Liu Xiaobo

Lusa

  • 333

Taipé, 27 fev (Lusa) -- Mais de 140 laureados com o Prémio Nobel, liderados pelo arcebispo Desmond Tutu, instaram hoje a China a libertar o Nobel da Paz Liu Xiaobo, um ativista preso por subversão desde 2009, noticia a AFP.

Numa carta também assinada por 400.000 pessoas de mais de 130 países, os laureados apelam ao próximo presidente da China, Xi Jinping, para libertar Liu e a sua mulher Liu Xia, que não foi formalmente acusada mas está em prisão domiciliária.

A petição foi entregue nas embaixadas chinesas e missões diplomáticas em Hong Kong, Nova Iorque, Paris, Berlim e Londres.