Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Prejuízo do Estoril-Sol cresce 7% para 8,9 ME em 2012

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 mai (Lusa) - O Grupo Estoril-Sol fechou o ano passado com um resultado líquido negativo de 8,9 milhões de euros, mais 7,2% do que o prejuízo registado em 2011, de acordo com o relatório e contas de 2012.

"As políticas macroeconómicas de austeridade e de ajustamento financeiro, às quais acresce os níveis elevados e desadequados face à conjuntura actual da fiscalidade específica da actividade de Jogo nos Casinos Portugueses, condicionaram fortemente a actividade operacional do Grupo Estoril-Sol", lê-se no documento disponibilizado na terça-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa liderada por Stanley Ho realçou que "as receitas de jogo em Portugal têm vindo a sofrer contrações sucessivas ao longo dos anos mais recentes, e em 2012 voltaram a cair aproximadamente 11%, somando perdas acumuladas de aproximadamente 30% nos últimos cinco anos".