Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Poupança de 300 ME nas PPP é "demasiado ambiciosa" - professor universitário

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 nov (Lusa) -- O professor universitário Joaquim Miranda Sarmento considera "demasiado ambiciosa" a poupança de 300 milhões de euros estimada pelo Governo para a renegociação dos contratos das PPP rodoviárias e defende que os cortes também devem passar pelos custos financeiros.

Joaquim Miranda Sarmento, que na terça-feira apresenta o ensaio sobre Parcerias Público-Privadas (PPP), disse à Lusa que o "Governo optou por fazer cortes baseados em redução de custos, na redução de rentabilidade dos privados e na redução do rácio de cobertura da dívida".

Mas, argumentou, "para se poupar 300 milhões de euros, é necessário cortar nos custos financeiros".