Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Potências do Conselho Segurança alimentam conflitos com venda de armas -- Amnistia Internacional

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 mar (Lusa) -- As cinco potências do Conselho de Segurança da ONU (China, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos) estão a alimentar conflitos vendendo armas a regimes que as usam em atentados aos direitos humanos, alertou hoje a Amnistia Internacional.

"Deve atender-se urgentemente à ausência de padrões globais para controlar o comércio de armas entre países, que está a custar milhares de vidas e a destruir os meios de subsistência de milhões de pessoas todos os anos", afirma a organização não-governamental no relatório "Grandes Potências Alimentam Atrocidades".

Relatando casos de venda de armas à Síria pela Rússia, ou ao Iémen pelos Estados Unidos, o documento é divulgado a poucos dias do reinício, em 18 de março, das negociações na ONU para um tratado internacional sobre o comércio de armas.