Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugueses em Moçambique recolhem 16 toneladas de alimentos para vítimas das cheias

Lusa

  • 333

Maputo, 22 fev (Lusa) -- A comunidade portuguesa em Moçambique reuniu 16 toneladas de alimentos e bens essenciais para apoiar as vítimas das cheias no país e entregou hoje parte dessa recolha ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC).

No final de janeiro, o consulado de Portugal, a Associação Portuguesa de Moçambique e a Escola Portuguesa em Maputo lançaram um apelo de solidariedade junto da comunidade portuguesa e estudantil, bem como de empresas locais de investimento português para recolha de donativos destinados às vítimas das cheias na província de Gaza, no sul de Moçambique.

A operação de solidariedade, "até agora, inédita em Moçambique, terminou a 15 de fevereiro com a quantia de 16 toneladas de produtos alimentares e equipamentos (tendas, lonas e roupas), sete das quais foram já entregues" às autoridades moçambicanas, refere um comunicado conjunto enviado na quinta-feira à Lusa.