Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal/China: Paulo Portas quer 'vender' Portugal como destino, aproveitando a plataforma de Macau

Lusa

  • 333

Macau, China, 07 jul (Lusa) - O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros afirmou hoje que quer 'vender' Portugal como destino, mas não pelo "sol e praia", aproveitando a plataforma de Macau, que todos os anos acolhe milhões de turistas do interior da China.

"Portugal tem que fazer, com a colaboração das autoridades de Macau, um esforço especialmente relevante junto da promoção turística aqui em Macau", afirmou Paulo Portas, durante a sua intervenção no seminário "Caminho das Exportações", organizado pelo jornal Expresso e pela AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

A "primeira" das razões prende-se com "o número impressionante de turistas 'internos' que visitam Macau todos os dias", defendeu, ao vincar que se se conseguir "dar a esses turistas informação atrativa sobre Portugal, [eles] podem escolher Portugal como importante destino turístico".