Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal/Brasil: Governos pedem eleições "livres e justas" na Guiné-Bissau

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jun (Lusa) -- Portugal e Brasil apelaram hoje ao fim do conflito na Síria e acolheram com satisfação a formação de um governo "inclusivo" na Guiné-Bissau que deve promover eleições e subordinar os militares ao poder civil.

A Declaração Conjunta da XI Cimeira Portugal-Brasil, no final do encontro entre o primeiro-ministro português e a chefe de Estado brasileira hoje em Lisboa, formula votos para que o governo da Guiné-Bissau "se concentre na preparação de eleições gerais livres, justas e transparentes até ao final do período de transição contribuindo para a restauração da ordem constitucional e democrática na Guiné-Bissau e para a uma solução consensual e sustentável para instabilidade que tem vindo a afetar o país".

Os dois países, sublinharam ainda a importância da subordinação dos militares guineenses ao poder civil e a "luta" contra a impunidade e respeito pelos Direitos Humanos.