Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal/Angola: Farei tudo para que relação não seja abalada -- Passos

Lusa

  • 333

Cidade do México, 16 out (Lusa) - O primeiro-ministro português afirmou hoje que fará tudo o que está ao seu alcance para que a relação entre Portugal e Angola não seja abalada, referindo ainda não ter falado com o presidente angolano sobre este assunto.

"Eu farei o que está ao meu alcance, como chefe do Governo português, para que essa relação entre os dois países não seja abalada por episódios de qualquer espécie. Portanto, aquilo que iremos fazer, como temos vindo a fazer desde o dia em que eu tomei posse, é realizar uma aproximação muito grande com o Governo angolano, mas também com instituições angolanas, de forma a cultivar e a aprofundar esta relação que é importante para as duas nações e para os dois povos", declarou Pedro Passos Coelho à comunicação social portuguesa, num hotel da Cidade do México, onde se encontra em visita oficial.

Interrogado se já falou com o presidente angolano sobre este assunto, o primeiro-ministro português respondeu: "Não tive oportunidade de falar com o presidente José Eduardo dos Santos, mas não tenho dúvidas nenhumas de que um destes dias haveremos de trocar impressões".