Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal vai bater-se por alongamento das maturidades dos seus empréstimos - Passos

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 dez (Lusa) - O primeiro-ministro afirmou hoje que se baterá no quadro europeu por um alongamento das maturidades dos seus empréstimos e pela possibilidade de diferir o pagamento de juros, salientando que isso não significa perdão de juros.

Pedro Passos Coelho falava no debate quinzenal, na Assembleia da República, depois de o secretário-geral do PS o ter questionado, em concreto, quais as condições que Portugal beneficiará no seu programa de ajustamento face ao novo acordo alcançado em relação à Grécia e o que quis dizer que ao país o novo programa grego se aplicava parcialmente.

De acordo com o primeiro-ministro, há três matérias que constam do plano de apoio à Grécia e que se inserem no mecanismo de estabilidade financeira da União Europeia e que representam cerca de um terço do total.