Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal vai abrir uma secção consular no Paquistão

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 fev (Lusa) -- Portugal vai abrir uma secção consular no Paquistão, depois do encerramento da embaixada no início de 2010, facto que estava, segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiro, a originar "inúmeras reclamações".

"Tal como tinha anunciado em finais do ano passado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) decidiu abrir uma secção consular e enviar um diplomata para o Paquistão, onde a embaixada portuguesa foi encerrada temporariamente em 21 de janeiro de 2010", refere uma nota do MNE.

O mesmo documento explica que, desde 2010, os cidadãos nacionais, duplos nacionais e paquistaneses ficaram impedidos de autenticar documentos e reconhecer assinaturas para efeitos de aquisição de nacionalidade, atos de registo civil e instrução de pedidos de vistos nacionais, verificar os processos do ponto de vista social e documental, para evitar problemas relacionados com a prestação de falsas declarações, fraude e falsificação de documentos, usurpação de identidade, bigamia e falsos familiares.