Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal só tem "feito funcionar o complicómetro" na gestão dos fundos comunitários - Sevinate Pinto

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) -- O antigo ministro da Agricultura Armando Sevinate Pinto afirmou hoje que, no que se refere à aplicação dos fundos comunitários, Portugal "mais não tem feito do que fazer funcionar o complicómetro", embora "apregoe a simplificação".

"Ao longo deste 27 anos [de entrada de fundos europeus], sempre com o anunciado objetivo da simplificação, mais não temos feito do que fazer funcionar o nosso complicómetro", disse Sevinate Pinto na conferência "Quadro Estratégico Europeu 2014-2020", que decorre em Lisboa.

"Não temos conseguido, de maneira nenhuma, levar à prática aquilo que todos apregoamos", acrescentou referindo-se à simplificação de processos, considerando que se trata de "um problema geral dos países do sul" da Europa.