Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal quer combate à fraude fiscal à escala europeia - Vítor Gaspar

Lusa

  • 333

Bruxelas, 14 mai (Lusa) -- O ministro das Finanças defendeu hoje, em Bruxelas, que as iniciativas de combate à fraude fiscal são de "importância política central", e devem ter uma dimensão europeia, para que países como Portugal tenham voz nas diversas instâncias.

Falando à margem de uma reunião de ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin), Vítor Gaspar apontou que um dos temas hoje em agenda, "de grande importância para a Europa e de grande importância para Portugal", foi o do combate à fraude fiscal e planeamento fiscal agressivo, tendo a importância do assunto sido "sinalizada pela presença do presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy".

Lembrando que o assunto será discutido na cimeira de chefes de Estado e de Governo da UE da 22 de maio, o ministro destacou, na sua intervenção perante os parceiros europeus, o facto de, "num momento de crise, em que são pedidos sacrifícios, em que há uma situação de grande esforço por parte das populações", o combate à fraude e planeamento fiscal agressivo ser "fundamental para a equidade na repartição do esforço necessário para superar esta crise".