Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal pede a Israel e Palestina que não comprometam negociações de paz

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 out (Lusa) - O Governo português saudou hoje Israel pela libertação de prisioneiros palestinianos, mas lamentou o anúncio de novas construções nos colonatos em Jerusalém oriental e apelou para que ambas as partes se abstenham de "quaisquer ações" que comprometam negociações de paz.

Um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) português reitera o apoio de Lisboa às negociações de paz entre Israel e a Autoridade Palestiniana e "a todas as medidas que possam contribuir para o seu sucesso".

"A libertação por Israel de 26 prisioneiros palestinianos é neste sentido uma medida corajosa e positiva", refere o Governo.