Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal, Grécia e Islândia contrariam a tendência da OCDE e reduzem população empregada entre os 60 e os 64 anos

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) -- Portugal, Grécia e Islândia foram os únicos países da OCDE onde a percentagem de população empregada entre os 60 e os 64 anos recuou na última década, contrariando a tendência dos restantes países que incentivam trabalhadores nesta faixa etária a permanecerem ativos.

De acordo com os dados hoje divulgados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), em Portugal, em 2011 a percentagem de população empregada entre os 60 e os 64 anos, face à população existente nesta faixa etária, situava-se nos 36,8%, contra os 44% observados em 2001.

Na Grécia, a diminuição foi menor (passou dos 29,7% para os 28,1%).