Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal está a fazer pouco no combate à corrupção transnacional - OCDE

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 jun (Lusa) -- A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) considerou hoje que Portugal está a fazer pouco para combater a corrupção transnacional, defendendo uma aplicação da lei mais ativa.

"A aplicação da legislação sobre corrupção transnacional tem sido muito baixa. Nem uma única acusação resultou de 15 queixas sobre o suborno de funcionários estrangeiros por parte de empresas portuguesas em países de risco", refere um relatório do grupo de trabalho sobre corrupção da OCDE.

A organização adianta que "várias investigações foram encerradas prematuramente" e que "algumas queixas nem foram investigadas", defendendo que "Portugal deve investigar todas as alegações de corrupção transnacional de modo mais claro e completo".