Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal errou ao querer ganhar o concurso de beleza da austeridade -- Paul de Grauwe

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 nov (Lusa) -- O economista Paul de Grauwe entende que Portugal cometeu o "erro" de ser o melhor aluno da 'troika', quando a economia estaria melhor se assim não fosse, e defende um lóbi do Sul da Europa para mudar políticas europeias.

"O governo português fez o grande erro de tentar ser o melhor da turma no concurso de beleza da austeridade. Não havia razão para Portugal fazer isso, podia não ser o melhor da turma, podia ser mesmo o pior e isso seria melhor para economia", considerou em entrevista à Lusa o economista belga, para quem Portugal tinha de levar a cabo medidas para reduzir a despesa, mas ao longo de mais anos, de modo a suavizar o impacto económico.

Até economistas do Fundo Monetário Internacional (FMI), afirmou, já perceberam que não é possível "fazer a austeridade toda ao mesmo tempo", enquanto na Europa os líderes continuam imutáveis.