Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal é rápido no ajustamento, mas saúde da economia está entre as piores - Lisbon Council

Lusa

  • 333

Bruxelas, 26 nov (Lusa) - Portugal está em quinto na tabela do 'think tank' Lisbon Council relativa à rapidez do ajustamento económico, mas cai para o penúltimo lugar da zona euro sobre a saúde da economia, segundo um relatório que defende uma austeridade moderada.

O documento, a que Lusa teve acesso, defende que é preciso "evitar qualquer dose excessiva [overdose] de austeridade", sendo que "nenhum país devia ser obrigado a apertar ainda mais a política orçamental em resposta a défices causados pela recessão" económica, até porque entre as tarefas mais importantes dos países da zona euro está a mudança "do foco das políticas de austeridade adicional para reformas estruturais que promovam o crescimento".

O relatório 'Euro Plus Monitor 2012', com o título "A estrada acidentada para o crescimento equilibrado", analisa os 17 países da zona euro, e conclui que Portugal ocupa o quinto lugar entre os países que estão a fazer um ajustamento mais rápido e significativo para equilibrarem as contas públicas e promoverem o crescimento - Grécia, Irlanda, Estónia e Espanha ocupam as quatro primeiras posições -, mas cai para 15º quando se analisa a saúde geral de cada uma destas economias, só superado pelo Chipre e pela Grécia.