Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal é o terceiro país da OCDE que mais destruiu empregos no 2.º trimestre

Lusa

  • 333

Paris, 16 out (Lusa) -- Portugal foi o terceiro país da OCDE, depois da Grécia e de Espanha, onde a taxa de emprego mais caiu no segundo trimestre deste ano, face a igual período de 2011, recuando 2,4 pontos percentuais para os 62,3%.

De acordo com os dados hoje divulgados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), na Grécia, a taxa de emprego caiu 4,7 pontos percentuais para 51,4% e em Espanha recuou 2,7 pontos percentuais para 55,6%.

Na Estónia, com uma subida de 2,8 pontos percentuais para 67,3%, no Luxemburgo, com uma subida de 1,7 pontos percentuais para 65,9% e na Hungria, com um aumento de 1,4 pontos percentuais para 57,1%, observaram-se, por sua vez, os maiores aumentos das taxas de emprego num ano.