Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal beneficia de lei fiscal para captar 15 milhões de reformados franceses - CCIFP

Lusa

  • 333

Paris, 25 mai (Lusa) - O presidente da Câmara do Comércio e da Indústria Franco-Portuguesa acredita que o Salão do Imobiliário português em Paris pode aproveitar "a nova lei fiscal do residente não habitual" para captar 15 milhões de reformados franceses.

Carlos Vinhas, que preside à Câmara do Comércio e da Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP), entidade organizadora do certame, disse à Lusa que o segundo salão, que decorre, pretende continuar o trabalho que começou a ser feito na edição de 2012, aproveitando, desta vez, "a nova lei fiscal portuguesa relativamente ao estatuto do residente não habitual".

"Em termos de [público] alvo temos aqui 15 milhões de reformados franceses que podem estar interessados em viver em Portugal", sublinha Carlos Vinhas.