Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal agrava incobráveis nos setores da construção, indústria e comércio - Estudo

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 nov (Lusa) -- Portugal tem vindo a registar um "agravamento dos incobráveis", nomeadamente nos setores da construção, indústria e comércio, tendo atingido, no total, 6 mil milhões de euros em 2012, refere um estudo da consultora Intrum Justitia.

Luís Salvaterra, diretor-geral da Intrum Justitia, afirmou hoje numa apresentação aos jornalistas que o relatório 'EPI 2012 Industry White Paper' indica que também o setor da saúde e serviços "é dos mais afetados" no que toca a atrasos ou não pagamento.

"A maior parte das pessoas, não as empresas, querem pagar, mas não têm é como pagar", referiu Luís Salvaterra, adiantando que quando pagam, "o valor médio de pagamentos vai diminuindo porque as pessoas têm menor rendimento disponível".