Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portos: Governo deve acionar "instrumentos legais" para garantir funcionamento de portos - CIP

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 set (Lusa) - A Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) afirmou hoje que o Governo "não deve excluir a hipótese de recurso aos instrumentos legais" para garantir o funcionamento normal dos portos, cujos trabalhadores estão em greve.

Desde 17 de setembro, a maioria dos portos portugueses está paralisada devido à greve dos pilotos de barra, à paralisação dos estivadores e dos trabalhadores das administrações portuárias, que se foram sucedendo umas às outras, sem interrupções.

"No caso de não prevalecer o bom senso e o sentido de equilíbrio entre o valor das causas que se defendem, em comparação com as causas nacionais que assim ficam comprometidas, a CIP considera que o Governo não deverá excluir a hipótese de recurso aos instrumentos legais que tem à sua disposição, caso essa seja a única forma de assegurar o normal funcionamento dos portos nacionais", afirmam os patrões, em comunicado hoje emitido.